'AS VEZES AS PESSOAS ESCREVEM AS COISAS QUE NÃO CONSEGUEM DIZER'

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

domingo, 28 de novembro de 2010

Mãe, tu és



a conselheira dos meus passos, a mais dígna mulher dos meus abraços, a dona do mais puro beijo meu. Mãe, tu és o meu prazer na vida ou morte, pois me ensinaste a ter um braço forte e a construir a imagem do meu eu. Mãe tu tens em tuas mãos toda virtude, pois entregaste a tua juventude pelo prazer de ter nome de mãe. E eu, usei todas as palavras que disponho mas na maior frase que a ti componho, existe algo ainda por dizer... Mãe, tu és para a poesia uma meta, a musa inspiradora de um poeta que descobriu a fonte do amor. Mãe, em ti eu vejo tudo que há em mim, por isso eu te digo que és enfim a imagem mais perfeita do que sou!



Postado por: Luthy L*

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

sábado, 13 de novembro de 2010




Já chorei muito, já doeu muito esse coração.
Mas agora ó, tá vendo? De pedra.
Bate aqui no meu peito. Sentiu o barulho de granito? 
Quebrou o braço? Desculpa.  




Por: Luthy Lapas



   Se for preciso eu correrei riscos só pra participar daquele momento, se for preciso eu vou rir para não chorar, se for preciso eu vou beijar pra esquecer, se for preciso eu amarei alguém que nunca irá me amar, se for preciso eu vou quebrar a cara pra aprender, eu farei tudo isso para me sentir realizada pra ser feliz e poder dizer que corri atrás da minha felicidade e que o preço a pagar pode ser caro, mas não tem nada que vale mais do que os momentos que passei, isso vale muito mais do que qualquer coisa.(y)




Por: Luthy Lapas

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Momentos!







Dias vem e Dias vão mais a única coisa que acaba sobrando de todos esses dias,é a lembrança de cada  momentos que se passou e que nunca mais irá voltar!


Ah única coisa que podemos fazer é voltar atrás com o nosso proprio pensamento e tenta relembrar os pedacinhos felizes que tivemos e tentar mata a saudade apenas com uma leve lembrança!




By : Paty Freitas












 Se o vento sopra sem sentido
As estrelas podem me guiar
Se eu não te tenho aqui comigo
Quando sonho eu posso encontrar (8)





By: Paty Freitas



Ele: eu te amo, e daria toda a minha vida pra que você acreditasse em mim!
Ela: obrigada, mas será que ama mesmo?
Ele: não vai acreditar em minhas palavras?
Ela: aprendi a acreditar em atitudes não em palavras.
Ele: mas deveria acreditar no que eu te digo
Ela: como vou acreditar em palavras se seus atos não condizem com elas?
Ele: pode ser tarde demais, mas meus atos ainda vão te provar que tudo que eu digo é verdade.

Ele se virou e foi embora, entristecido por sua amada não acreditar em suas palavras.
Ela foi embora curtir com suas amigas sem peso nenhum em sua consciência.

Ele foi encontrado morto em frente a casa dela, com um pequeno bilhete em sua mão: “Só quero que agora, depois de tanto tempo acredite em palavras e atos, os dois juntos formam um belo par”
E só agora ela acredita em todo o amor que ele havia dito.

Sim, palavras valem muito.



Por: Luthy Lapas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Pai

Você nunca se importou comigo, e fingiu não perceber que um telefonema fez falta. Você me trocou por uma mulher que mais tarde vai te trocar. Você simplesmente me esqueceu e resolveu chamar outra garota de 'filha'. Eu nunca fui a sua princesinha, e me dói demais ouvir minhas amigas me contando como os pais delas contavam historias pra elas dormirem, porque você nunca fez isso.
Eu enfrentei meu medo do escuro sozinha, porque você não estava aqui, nunca esteve. Será que você não percebe, que não te ter aqui dói mais do qualquer coisa ? Que essa é a época da minha vida que eu mais preciso de você ?
Eu ainda insisto em te defender, apesar de tudo ! Mas não adianta dar uma de "bom pai", eu sei o que você realmente é, o que você faz todos os dias, e o quanto você se preocupa em não magoar a sua nova familia.
Eu te amo, mas eu não vou te perdoar pelas noites regadas a lagrimas e nem pelas camisas rasgadas. Eu te amo, mas eu não estarei aqui quando você precisar, porque você nunca esteve. Eu te amo, mas eu não me importo em não te responder quando você me abraça. Você nunca vai entender o que eu senti naquela noite de Ano Novo, naquela noite em que você não me ligou, naquela noite em que a minha alegria acompanhou os fogos de artificio.
Eu tentei, de todas as formas, entender o porque que você faz isso comigo. Eu juro que tentei, mas já desisti, Eu sei que esse sentimento não existe dentro de você. E isso me dói ainda mais.
Créditos pra Vania do Buteco <3'



Por: Luthy Lapas